domingo, 19 de abril de 2009


De todas as coisas na vida que me dão motivos para sorrir,sem duvida alguma que as minhas guerreiras são a tal, a numero 1!

Com um Diabinho da Tansmânia e uma Ariel em casa, cada uma a seu jeito, quantas vezes olho para elas e me sinto feliz? Feliz por ter gerado dois seres humanos completos na sua Natureza, que tantas vezes me fazem sorrir, chorar, preocupar e amar. Com a mesma facilidade que me fazem sorrir fazem chorar, e hoje foi um desses dias, não por motivos tristes mas pelos alegres...

Tinha acabado de arrumar a cozinha quando a minha pequena sereia Ariel chega ao pé de mim de MP3 na mão a cantar Hannah Montana, com um inglês de arrancar gargalhadas a qualquer um, mas que não ousei sequer fazê-lo, estava tão entretida e perguntou-me se queria ouvir. Sentámo-nos as duas e partilhámos phones,e enquanto lhe tentava ensinar a letra apercebia-me de como estava crescida, a falar em colar posters no quarto, que teimosamente a mamã mantinha com Hello Kitties. Olhava para ela tão perfeita e inteligente,e sentia o coração a encher-se de orgulho. Já não podia fazer com elas as palhaçadas que faço com a mana mais pequena, lembrava-me das confidências do namoradinho,da vergonha que já ganhara em tomar banho com o papá, de que se estava e está a tornar numa menina crescidinha, e foi quando começou a tocar aquela musica, a versão inglesa da pequena sereia Ariel.

Tantas vezes vi o filme com ela, enjoando o raio do peixinho e do pássaro que dizia Chimbaco, que o garfo era para pentear o cabelo,e de puxar a cena do beijo da Ariel e do Príncipe para trás, para ouvir esta musica.... Peixinhos a voar na lagoa que deixavam os olhinhos dela a brilhar, agora brilhavam os meus! Perguntou-me porque chorava e disse-lhe que era porque a amava e que tinha muito orgulho de ser a mamã dela. Levantou-se num ar muito crescido,abraçou-me e disse-me que era a melhor mãe do mundo.


É por estes motivos que eu respiro,luto, vivo e morro...Pela Diabinha da Tansmânia e pela Ariel, as minhas guerreiras...

20 comentários:

Catwoman disse...

Que bonito!!

Beijinhos :)

Emigrante disse...

Os nossos guerreiros são a verdade de tudo.
Não é mamã?

Beijinhos

Teresa

izzie disse...

E consigo sentir a tua alegria e orgulho daqui, sua mamã de mão cheia :)
Isto agora vai parecer muito mau, muito fútil e "desesperado"... mas só espero poder via a sentir e viver a essência deste post.
És uma mulher de e com sorte. Vive e relembra esse sorriso!

Beijo grande,

Skywalker disse...

Nada nos completa mais que os filhos. Que saudades de abraçar a minha... Já (ainda) só faltam 3 meses para eu voltar de férias...

Beijokas

Lita disse...

Os filhos são do melhor que há!

Storyteller disse...

Que maravilha!
As nossas pipocas enchem completamente os nossos corações.
Bom domingo!

Mariazita disse...

É maravilhoso ver um relacionamento assim.
Vermos os filhos deixarem de ser bebés, crescerem, acompanhar o seu desenvolvimento, estar sempre ao lado, aconselhar...é das coisas boas que a vida nos oferece.

Em relação à imagem do post anterior vejo uns olhos refletindo uma tristeza enosrme, tão grande que faz rolar uma lágrima do olho direito (esquerdo olhando de frente, claro!).
E demorando um pouco o olhar há inúmeras coisas que se detetam...

Um resto de bom domingo

Beijinhos
Mariazita

korrosiva disse...

Todas as mães fossem assim :D

beijinhosssss :)

Kate disse...

Não um dos posts que me fazem desatar à gargalhada mas que me traz nostalgia pois é algo que acontece com todos nós. Para além de gostar de conhecer as aventuras das tuas guerreiras, apercebi-me que também gosto da forma como falas delas, a forma de uma mãe completamente babada falar dos seus pequenos, grandes orgulhos.
Bom post :D aguardo por mais
Beijinhos

Inconstante disse...

pois...são eles que nos fazem ficar com o coração bem apertadinho de tanto amor (a minha teoria é que fica apertadinho porque cresce tanto, tanto que não nos cabe dentro do peito)

antonio - o implume disse...

Por elas, por todas elas, saibamos deixar um mundo pelo menos tão bom como o encontrámos, senão melhor ainda!

Å®t Øf £övë disse...

Os filhos são o nosso bem mais precioso, e ao mesmo tempo são o motivo de nos sentirmos envelhecer rapidamente, tal é a rapidez com que crescem.
Bjs.

Milésimo disse...

Esta historia tocou-me muito...
E tu bem sabes o relacionamento que tenho com o meu Milésimo e as saudades que tenho dele.
Por motivos profissionais nao o vejo crescer nem posso brincar com ele nem tão pouco tirar-lhe qualquer duvida.
Nem sabes a sorte que tens de as ter pertinho de ti... e elas a ti.
Os filhos sao a nossa força de viver.

Um Beijo infantil

sonhos/pesadelos disse...

Catwoman, sê muito bem vida ao meu blog, espero que gostes.
bjs endiabrados

Emigrante, são o brilho nos nossos olhos, por eles emigramos, imigramos, matamos e morremos!
bjs endiabrados

Izzie, futil?mau?desesperado????? bebeste foi? ah ah ah
é o que de melhor a vida tem, e hás-de ter também!
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Skywalker, a tua distância dela é um pau de dois bicos, dói mas aumenta a vontade e torna o momento do encontro ainda mais especial! falta pouco amigo, já lá vão 3 meses????
bjs endiabrados

Lita, com eles aprendemos a ser melhores pessoas e a encontrar combustivel onde nem o ar paira.
bjs endiabrados

Storyteller, sabes que a Ariel em pequenina era chamada de pipoca???
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Mariazita, é uma pena terem de crescer e sair da bolinha de sabão na qual os embrulhámos...mas é outra fase que se mostra colorida!
bjs endiabrados

Korrosiva, não há duvida que são a minha vida, e aprendo muito com elas...
bjs endiabrados

Kate, são o meu pé no chão, a minha realidade...
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Inconstante, acho que nem ele tem noção do quanto pode crescer, apenas que bate por eles!
bjs endiabrados

António, cheira-me que vai piorar e não melhorar, há é que ensiná-los a serem dignos e correctos, e prepará-los para enfrentar a selva que ele é!
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Art of Love, concordo plenamente, mas este tipo de envelhecimento ao lado deles é doce...
bjs endiabrados

Milésimo, sei bem o que passas e o que ele mesmo passa, passei pelo mesmo, mas por motivos menos nobres. o teu Milésimo é quem te impulsiona, quem te apaixona, assim como as minhas são para mim!
bjs endiabrados

Antonio saramago disse...

Duas guerreirinhas e uma ENORME GUERREIRA DA VIDA!!!

LopesCa disse...

Lindo :))