quinta-feira, 16 de abril de 2009


Se há coisa que eu acho deveras interessante, para não dizer fascinante mesmo, é o ser humano, aliás como já o disse em diversas ocasiões aqui. As suas reacções, o motivo que existe por detrás de cada uma, a divergência ou convergência de opiniões, o que cada um tem a dar e a receber delas, enfim, tudo o que nos envolve.

Um dos meus sonhos sempre foi enveredar por Psicologia mas por infortúnios ou designios da própria vida não o pude fazer, mas ainda vou a tempo, oh se vou. O facto de poder entender o simples porquê de se fazer isto ou aquilo, poder estudar e compreender o que nos move ou nos leva a ter determinado comportamento sempre me deliciou, o poder estudar a mente humana.

Ontem tinha acabado de ligar o pc e enquanto a droga não se despachava olhava para a imagem que tenho no ambiente de trabalho, e a pensar em como essa mesma imagem, de cada vez que a observava, se mostrava diferente ou os pensamentos sobre ela eram sempre diferentes, os imediatos e primários claro. Chamei o nino e perguntei-lhe o que via na imagem,ao qual respondeu coisas bem subjectivas como tristeza por um lado, ou então o destino pelas ondas que a imagem tem, enfim, uma série de coisas. Disse-lhe para ver algo mais em concreto, e só depois de lhe perguntar se não seria aquilo a que me referia, o qual revelarei depois,é que se apercebeu.
Desde que esse pequeno pormenor foi encontrado, a perspectiva ou constatação primária recaía sempre para ele e só depois para o lado mais subjectivo da coisa.

Achei isto super interessante, alguns de vocês vão pensar ou mesmo confirmar após várias suspeitas de que não regulo bem da cabeça, confirmo, é verdade sim, mas nesta situação muitas elações se podem tirar, a meu ver. Da maneira como vemos a vida, se prestamos atenção nas pequeninas coisas que nos aparecem ou se as deixamos passar ao lado ou não.

Agora mesmo em perfeito estado de loucura, eh eh,vos peço que olhem para a imagem e me digam o que vêm, talvez não seja muito perceptivel pelo tamanho da mesma, mas mesmo assim tentem...

17 comentários:

Emigrante disse...

Olá

Será o Adamastor que espreita junto ao olho esquerdo?
As minhas visões são sempre muito mais para o objectivo do que para o sub.

Beijokas tb para as tuas guerreiras

Teresa

antonio - o implume disse...

É o efeito Big N!
(no MOMA, infelizmente sem imagem disponível)

Green Eyes disse...

eheh
loucura é comigo ;)

o que me "chamou" logo a atenção foi a cabeça de "cavalo" em desespero por cima do olho esquerdo da imagem...
vês há gente mais doida do que tu ;)

beijinhos

Milésimo disse...

Chamaste?
Loucura e demencia é comigo mesmo e o que vejo na imagem é uma tempestade no mar com uma onda enorme... e os olhos são do filho de Neptuno, Deus dos mares.

Ou então são os farois de um carro num anoitecer de nevoeiro.

Espero que tenhas gostado da minha demencia mas uma delas tem muita lógica.

Beijinhos dementes

izzie disse...

Minha querida... isto não é loucura. É um dos maiores sinais de sanidade, a capacidade de deixar a mente vaguear, analisar, pensar, sonhar até.

Eu cá vejo... a pacividade de uns olhos que já viram muito, aliadas à frieza e força de uma maré viva de inverno?

Quem será a louca aqui?

Beijo grande,

Salto-Alto disse...

Também eu fico fascinada com a psicologia!

Karochinha disse...

Dentro da minha própria demência vejo uma figura de um peixe num tom meio rosado debaixo do olho direito (lado esquerdo da imagem) que se sente atraído por aquele olhar!!!

Cá vai a minha singela loucura!

Beijocas

Skywalker disse...

Olha... Vejo duas coisas de que gosto bastante. Agora é a tua vez de me chamares louco...
Vejo as ondas do mar revolto que tanto me agrada (por isso detesto as praias so algarve, prefiro ir para uma piscina), e vejo a primeira coisa para onde olho quando me cruzo com alguem, os olhos ( fico danado andam de óculos de sol por muito bem feitas que sejam no resto do corpo), mas pronto ... tenho esta fixação dos olhos...

Beijokas

★ Aralis ★ disse...

Sempre me fascinou o ser humano.
O facto de nós tão diferentemente vermos coisas, uma nuvem no céu pode ter as mais diversas formas e representações para cd um de nós.

A lembrar os testes de rochard .
jokas

Mariazita disse...

Venho do "Histórias de Encantar" agradecer a tua visita e comentário.
De facto os tempos andam bstante perturbados, os valores adulterados, e por isso é necessário, de vez em quando, fazer uma pausa e reflectir.
O que pretendemos da vida?
Quais os valores que queremos defender?
Pensar lilás talvez ajude...

Uma noite feliz

Beijinhos
Mariazita
HISTÓRIAS DE ENCANTARPS - AMANHÃ VOLTO PARA TE LER E COMENTAR. AGORA ESTOU COM UM POUQUINHO DE PRESSA...

sonhos/pesadelos disse...

Emigrante, vi tantas coisas na imagem, por acaso nenhum Adamastor,mas olha que +ensando bem...
bjs endiabrados

António, MOMA??????? explicas-me o que é?loool
bjs endiabrados

Green Eyes, ah ah ah, bora partilhar doidices????? eu vi entre muitas coisas,um excelente puzzle para o meu quarto...
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Milésimo, gostei muito da tua demência, priincipalmente a de Neptuno!
bjs endiabrados

Izzie, a tua loucura tem companhia, tb foi um dos meus pensamentos sim!
bjs endiabrados

Salto-Alto, quem sabe depois da advocacia não é um passo a seguir?
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Karochinha, singela?porqu singela? nenhuma loucura ô pode ser, e gostei muito da tua!
bjs endiabrados

Skywaler, para além de ser sinal de falta de educação, tb eu gosto muito de olhar nos olhos da pessoa com quem falo.
bjs endiabrados

Aralis, aí está algo que sempre me fascinou, os testes de Rochard,acho demais!!!!
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Mariazita, volta quantas vezes quiseres, terei muito gosto!
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Meus amigos, após ter visto inumeras coisas na imagem, durante vários dias, houve um em que me apercebi de algo, que só com a imagem bem grande é perceptivel. Talvez devia de vos ter dito para guardarem a imagem nos vossos pcs, para melhor entenderem. Existem lentes de contacto, algo bem simples, mas que após me ter apercebido mudou completamente o primeiro pensamento e a mira dos meus próprios olhos, desde então que assim que olho para a imagem, em vez da beleza dela, vejo esse pormenorzito. Impressionante como um pequeno detalhe muda um todo...
bjs endiabrados

LopesCa disse...

Posso imaginar uma onda e 2 olhos tristes onde de um escorre uma lágrima :(

Antonio saramago disse...

Eu parece que vejo nuvens carregadas.