sábado, 8 de novembro de 2008

ser mulher...


ser mulher...
há pouco tempo, uma amiga comentou comigo uma conversa que teve com o marido no carro. encontravam-se os dois á porta de uma loja á espera que a mesma abrisse, e enquanto conversavam e aguardavam, ela tirou da mala o estojo de maquilhagem e pintou-se, acto normal das mulheres.

ele parou e admirou-a, comentou que realmente um homem é sempre igual, podendo talvez mudar o corte de cabelo ou o feitio da barba, caso a tenha, mas que a mulher muitas vezes tem as "artimanhas" dela para se compôr, podendo mudar radicalmente de aspecto conforme a ocasião.

muitas vezes é exigido muito mais delas do que aos homens em geral, senão vejamos:


desde bebés que é sempre mais admirada uma menina do que um menino, seja pelos totós coloridos ou ganchinhos com formas engraçadas, os vestidinhos e as blusinhas,seja pela combinação de cores, enquanto que para os meninos encontra-se menos variedade e opção. claro está que isto é fomentado pelas próprias mamãs, por uma questão de brio pessoal.


em crianças, os brinquedos de meninas são sempre mais coloridos, apelativos e a oferta é maior, e aqui já se começa a notar a crescente diferença entre os sexos, onde já se começa a incutir o espírito de arrumação e cuidado próprio. não que não seja exigido aos meninos, mas é sempre menos rigoroso, convenhamos.


em adolescentes, começa a haver a rivalidade dentro do mesmo sexo, sendo mais acentuada em idade adulta. as raparigas já se criticam mais umas ás outras em termos de vestuário, e começam a catalogar-se entre elas, e a fase da adolescência é provavelmente das mais duras que se atravessa ao longo do nosso percurso de vida.


em adultas, uiii...

imaginemos o dia-a-dia de uma mulher casada, com filhos:


de manhã levanta-se quase 3 horas antes da hora que era suposto, para poder acordar os filhotes, tratar da higiene deles(no caso de serem pequeninos ainda, no caso de já se valerem sozinhos nessa área, controlar se ela está feita), vesti-los e tratar do pequeno almoço de todos. enquanto prepara isto, já ela tratou de si mesma, fez o lanche para cada um levar para a escola, e deixou algo a descongelar para o jantar. na correria matinal, deixa os rebentos na escola e corre para o emprego.

o esposo levanta-se, trata dele, toma o pequeno almoço, e se poder de acordo com o horário dele, leva os bambinos á escola, e ruma para o emprego.

passa 8 ou 9 horas diárias entre stress( depende do trabalho eh eh eh), a olhar para o relógio e a pensar no que fazer de iguaria para o jantar. sai do serviço, passa no supermercado quando precisa, vai buscar os pimpolhos e corre para casa.

aí começam os outros empregos...o de mãe, esposa, dona de casa, etc, etc, etc.

dependendo da hora a que chega, tenta coordenar o que tem para fazer com o tempo que tem para O fazer, ou seja, 4 ou 5 horas para trabalho de 12!!!!

entre os "piquenos" no banho, põe a máquina a lavar roupa, adianta o refogado da janta, faz as camas(no caso de não as ter podido deixar feitas de manhã), e isto com os pimpolhos a guerrear pelo mesmo brinquedo...

nisto chega o esposo a casa. dependendo do esposo, se for homem de ajudar na lida da casa(como deveria de ser!!!!! afinal ambos habitam sobre o mesmo tecto)dá uma mãozinha á esposa.no caso de não ser, pior a emenda que o soneto, passa a ter mais um filho!!! ele põe a mesa, tira a louça da máquina, e passa o chão(imaginemos...) :)

antes de se sentarem á mesa para jantar, controla os trabalhos de casa dos filhotes, não descuidando o interesse por eles e constante acompanhamento escolar.

jantam sossegados(sentou-se por breves momentos)mas a noite ainda não terminou...

durante o tempo em que estão a apreciar o café naquele local pitoresco perto de casa em familia, já ela está a pensar como vai fazer render o resto da noite,afinal, ainda tem roupa para passar, a roupa para deixar pronta para os meninos vestirem no dia seguinte para a escola, preocupar-se se o marido tem a farda pronta ou o casaco xpto para a reunião importante que ele tem no dia seguinte.

quando olha para o relógio já passa das 11h, ainda tem um tempinho livre para tratar das unhas, enquanto espera que o bolo saia do forno...

estoirada, senta-se na sala e dá atenção ao esposo que ficou entretido a ver um programa na televisão,e dependendo do humor, brincam um pouco hi hi...

claro está que nem todas as mulheres são iguais, umas melhores, outras piores, ams regra geral são assim.

mesmo entre elas, a rivalidade típica do homem, apesar de ser em áreas diferentes, existe.

sente-se na obrigação de andar sempre nos "trinques", seja na maquilhagem ou roupa que usa para o trabalho ou quando sai á noite, seja no facto de ter a casa o mais impecável possivel, afinal é mulher! é o dever dela, segundo dizem e exigem...não que estja errado, mas é sempre mais esperado delas que dos homens.


os homens não ligam á aparência entre si com a mesma rivalidade que o sexo oposto, não vão reparar se o risco do eyeliner está torto ou se tem uma malha nas collants...

elas é que têm de manter a casa organizada, os filhos limpos e arranjados, a comida pronta, e ainda mesmo cansadas para burro, ter um ar maravilhoso!!!


têm a capacidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo, coisa que alguns espécimens masculinos desconhecem( nunca mais tenho visitas masculinas ao meu blog, está visto :)eh eh eh.

não querendo dar uma de feminista mas já dando, ser mulher....


é duro!!!!


p.s - mas maravilhoso...


5 comentários:

antonio - o implume disse...

Hum! Tenho duas filhas, por enquanto desde que seja cor de rosa está tudo bem... quer dizer que a coisa vai piorar e eu tenho que achar isso maravilhoso?

Tá bem.

Anjo Negro disse...

Adorei ... Adorei ... Adorei ...
Subscrevo palavra por palavra!

Mas dizes tu 11:00hrs da noite?!?
Não Linda, mete meia-noite ou 1 da manhã! Não te podes esqueçer que temos que passar a fardinha dos nossos maridos que têm que estar impecaveis e fazer-mos o almoçinho para eles comerem no dia a seguir...

Tens razão, é dificil, é duro, mas também e sublime ser mulher neste mundo ás avessas ...
Beijos minha Linda Endiabrada

José Rios disse...

bem!!... fantástico post!! mto bom mm!!.. ninguém melhor que uma mulher para dizer tudo o que uma mulher é!... de facto uma mulher é muito mais que tudo aquilo que disseste neste post fantástico! mas podem-se resumir a apenas uma única palavra... uma mulher é um ser maravilhoso... tenho dito... e sou homem.. :) looooll....

beijinhus... fica bem e continua com os belos textos que tens escrito!..vou continuar a ler! ;)

Anónimo disse...

Concordo em pleno com o que escreves-te. Não te esqueças nunca que o homens tambem ajudam em todas essas tarefas, (suja e desaruma a casa, suja a loiça, etc, etc, etc...) participa em todas as tarefas que mencionas-te mas de forma diferente. ha ha ha um beijo JE

Snoopy disse...

ser mulher..é fogo!!

não podemos viver com elas, mas não podemos viver sem elas!!

beijinho, ta muito bom o post