sábado, 9 de maio de 2009


Não tenho andado com muita vontade de escrever,coisas doidas ou alegres pelo menos, e a disponibilidade também não tem sido muita, e peço desculpa pela minha falha na visita aos vossos cantinhos,hei-de espreitar cada um prometo, talvez por isso tenha cada vez menos comentários,mas enfim, continuo com o blog na mesma.

Os meus pensamentos são como o tempo,os dias,como eu mesma, ora efusiásticos ora sombrios,como toda a gente. Hoje debruço-me um pouco sobre mim ou sobre os valores que considero importantes,mas que pelos vistos apenas a mim interessam ou faço uso deles. Frases como "não faças aos outros o que não gostas que te façam a ti" , "quem nunca pecou que atire a primeira pedra", "não julgues para não seres julgado", ou coisas como um sorriso move montanhas,um abraço na hora certa faz toda a diferença, mas chego à conclusão de que não passam mesmo de fantasias de alguém demente e que julga que elas fazem sentido.

Eu na minha cabeçinha distorcida faço uso delas sim, ponho-me sempre no lugar dos outros primeiro e tento analizar o porquê antes de largar farpas,não jogo coisas em cara dos outros a não ser que me provoquem a sério e me façam o mesmo,dou tudo de mim, seja no campo do amor,da amizade,da familia ou em qualquer outro,mas percebo que quando sofro com os espinhos dos outros, não são eles que estão mal, sou eu que estou a léguas da realidade, no Wonderland, que tenho a mania de ser boazinha,totozinha,a parvinha que quando se tem problemas está lá à mão, mas que quando eu tenho os meus, ou estão ocupados ou dá muito trabalho ouvir ou tentar perceber,perder tempo como eu o faço. Já me apelidaram algumas vezes de anjo sem asas, apesar de ter um diabinho, e pergunto-me se um anjo é assim... Sensivel demais como sou não poderia nunca ser um.

Com aquilo que a vida me tem mostrado, deveria de ter criado uma carapaça,um escudo invisivel de proteção ou minimamente não ser tão benévola, crente nas pessoas,não dar tanto ou não ser tão vulnerável para evitar sofrimentos desnecessários, que aos outros não passam de arrufos ou quiçá birrinhas,isto quando olham acima do seu umbigo, pois eu tantas vezes ignoro o meu em prol do dos outros,tantas vezes dou quando queria e precisava de receber,não,não sou perfeita, apenas humana, alguém que dá demais sem olhar a quem,alguém que sorri pelo sorriso dos outros,que fica feliz pelos outros mesmo quando para isso tenha de ela mesma de esquecer o que não devia e devia de ter aprendido com isso.

Uma coisa que já devia de ter aprendido era de que quanto mais mal se trata os outros, mais se ganha deles,já tive tantas provas disso, mas mesmo assim não aprendo.... Uma Fénix? Seria ideal,mas como não pode ser, vai-se levando lambadas da vida umas atrás das outras,quem sabe aos 60 aprendi, já que com 30 ainda não cheguei lá?

A unica coisa certa que tenho nesta vida é o amor incondicional pelas minhas guerreiras, e de que nunca hei-de mudar para mal dos meus pecados.... Hei-de continuar a mesma no que toca às pessoas, hei-de continuar a acreditar nelas,a dar sem pedir, sem perguntar,a perder de mim para lhes dar e a guardar as lágrimas que me fazem chorar,hei-de continuar a ser eu...Mesmo que contra mim vá, não se pode mudar a Natureza de um ser humano....

14 comentários:

izzie disse...

Poderá parecer descabido, meloso, corriqueiro... mas só posso dizer que concordo contigo.
Que o mesmo se tem passado deste lado. (Como podes reparar pelo meu cantinho)
Começo a acreditar que este é o momento para questionarmos os nossos valores... é hora de "teste", não quantitativo, mas qualitativo.
Pois sairemos, para o bem e para o mal, a conhecer-nos melhor.
Obrigada pelo teu cantinho que apesar de tudo, não consigo deixar de visitar com um sorriso.
Beijinho,

Catwoman disse...

Beijinho para ti linda :)

JE disse...

Se me é permitido opinar, dicordo dessa ideia de questionar esses valores, mas...
Sabes que estou sempre por aqui...

bjs

LopesCa disse...

Infelizmente é isso mesmo não se pode mudar a Natureza de um ser humano, nem podemos mudar a nossa natureza.

Milésimo disse...

Não deixes de ser como és...
Talvez tenhas de aprender a ser mais comedida e não dares o máximo de ti a alguem que não valha a pena.
Mas por outro lado, sendo como és, imagino que sejas benévola para qualquer pessoa sem olhar para tras e sem qualquer questão.
Nos dias de hoje é que se tornou uma raridade pessoas como tu.

Bj de canela

Emigrante disse...

Olá
daqui emigrante.
Passa lá pelo meu cantinho. Tens um "MIMO" para ti.

Beijoka

Teresa

Inconstante disse...

Pois como sabes (acho eu...) eu concordo em muito contigo, e sim é verdade que temos muitas ilusões e como tal muitas desilusões.
No fim o que interessa é que "as acções ficam com quem as pratica" foi algo que a minha mãe me ensinou e à qual eu dou muito valor - apesar de me chamarem totó ;-)

antonio - o implume disse...

Agora fiquei zangado:

Nunca, mas nunca:
* te coloques no lugar dos outros, decide sempre com a tua consciência, só tu própria tens valor, não queremos um clone distorcido de nós!

E depois:
* Sê tu própria e dá isso a conhecer aos outros, serás valorizada por isso.

* demonstra vontade própria sabendo dizer "não", e serás respeitada por isso.

* Vira as costas de vez em quando com um sorriso; quem não tem um espaço próprio não existe.

E finalmente ai de ti se fizeres caso do que aqui deixei escrito e vai-me visitar (e ler).

Green Eyes disse...

Somos como somos (eu sou um pouco como tu) e por mais que digamos que vamos mudar que para a próxima seremos menos "dadas" e vamos pensar primeiro em nós, chegando à hora "h" isso não acontece...

Mas também sabemos que nestes momentos (como o deste teu texto) ficamos tristes e nos questionamos, mas que depois nos sentimos bem connosco porque apesar de sermos do signo escorpião "derretemo-nos" sempre para os outros...

beijinhos e como eu te compreendo

Karlytus disse...

a vida é feita de momentos.. de várias cores.. uns azuis outros mais cinzentos.. o q importa é irmos colecionando-os todos e nunca perdermos a nossa maneira de ser, a nossa essencia.. aquilo q nos define e nos torna únicos..

N percas nunca isso..

Um beijinho e espero q comeces a semana bem disposta e tranquila.. :)

Antonio saramago disse...

As verdades aqui ditas por ti, fazem com que nos ponha-mos a pensar nessas mesmas, porque muitas vezes pensamos que podemos fazer isto ou aquilo, que podemos mudar mentalidades, quando afinal apenas podemos contribuir para isso e desde que a pessoa não se proponha a isso, tudo fica como está...
BEM HAJAS POR EXISTIRES!!!!

Moonwisher disse...

Sei que não sou ninguém para te pedir seja o que for... por isso não peço.
Mas tenho a liberdade de desejar o que quiser... por isso desejo que não mudes, muito menos a tua natureza, a tua disposição, a tua maneira de pensar, a tua maneira de escrever, a tua forma de estar, a tua simpatia, a tua maneira de falar ou seja, desejo que não mudes nada... nem a tua forma de ser, porque tudo isto és tu... e eu não quero outra amiga... quero a que tenho!
Já aprendi que não vale a pena mudar a nossa forma de ser para agradar seja a quem for, porque deixamos de ser quem somos e passamos a ser o que alguém quer que sejamos... e não há quem mereça tal transformação, a não ser nós próprios!
Bj grande... e continua a acreditar! ;)

Anjo Negro disse...

Já falamos muito sobre isto Amiga do Coração ...
Mas concordo e assino em baixo do que o Moonwhiser ...
NUNCA MUDES AMIGA ...
És unica, e tens um jeito doce, meigo, sofres por amares demais ...
isso não é um defeito, é uma benção, ainda bem que és assim ...

Muitos Beijos Deste teu Anjo Negro

★ Aralis ★ disse...

Todos nós temos fases, e a trsiteza é necessária para que possamos dar valor ao bom!
Nada de crises, continua a seres quema és, pois do pouco que conheço pareces ser o máximo!
Força que a vida é assim mesmo.

Não sou fã de Alanis mas esta música desde sempre me fez chorar....

jokas grandes