sábado, 7 de fevereiro de 2009



Nesta vida da blogosfera, tenho feito alguns amigos, que considero importantes, cada um com a sua maneira de ser, que prezo com muito carinho. Ao ler os vossos blogs, uns dão-me uma boa disposição ainda maior e fazem-me rir e pensar como a vida é bela, pela dádiva do sorriso, um bálsamo para a nossa existência.


Mas o tema que me traz hoje é tudo menos risonho.... Num blog excelente,diga-se de passagem ,li algo que já conhecia, mas que cada vez que leio as lágrimas e revolta teimam em surgir, que acho da máxima e ultra importância!!!! Skywalker , querido amigo, desculpa por te roubar o conteudo de um post,mas é daquelas coisas que acho que os fins justificam os meios...


" O meu nome é ''Sara''


Tenho 3 anos.


Os meus olhos estão inchados, Não consigo ver.


Eu devo ser estúpida, Eu devo ser má,


O que mais poderia pôr o meu pai em tal estado?


Eu gostaria de ser melhor,


Gostaria de ser menos feia.


Então, talvez a minha mãe me viesse sempre dar miminhos.


Eu não posso falar, Eu não posso fazer asneiras, Senão fico trancada todo o dia.


Quando eu acordo estou sozinha,


A casa está escura, Os meus pais não estão em casa.


Quando a minha mãe chega, Eu tento ser amável,


Senão eu talvez levaria Uma chicotada à noite.


Não faças barulho!


Acabo de ouvir um carro, o meu pai chega do bar do Carlos.


Ouço-o dizer palavrões.


Ele chama-me. Eu aperto-me contra o muro.


Tento-me esconder dos seus olhos demoníacos.


Tenho tanto medo agora, Começo a chorar.


Ele encontra-me a chorar, Ele atira-me com palavras más,


Ele diz que a culpa é minha, que ele sofra no trabalho.


Ele esbofeteia-me e bate-me,


E berra comigo ainda mais,


Eu liberto-me finalmente e corro até à porta.


Ele já a trancou. Eu enrolo-me toda em bola,


Ele agarra em mim e lança-me contra o muro.


Eu caio no chão com os meus ossos quase partidos,


E o meu dia continua com horríveis palavras...


'Eu lamento muito!', eu grito Mas já é tarde de mais!


O seu rosto tornou-se num ódio inimaginável.


O mal e as feridas mais e mais,


'Meu Deus por favor, tenha piedade!


Faz com que isto acabe por favor!'


E finalmente ele pára, e vai para a porta,


Enquanto eu fico deitada, Imóvel no chão.


O meu nome é 'Sara'


Tenho 3 anos, Esta noite o meu pai *matou-me*... "


Como pode alguém fazer isto a uma criança????


Tantos casos como este ainda teimam em escrever uma história com cores e tons negros, sanguinários, que mostram o que uns têm de vil, outros de cobardes por calarem e esconderem uma verdade que sabem existir...

Olho para as minhas guerreiras e por mais que não queira tenho estas palavras em mente, não as consigo esconder ou apagar. Quantas vezes o cansaço de aturar um mundo e pessoas que nos deitam abaixo, nos fazem perder a noção da realidade? Mas uma criança??????? Um ser pequeno, carregado no ventre, que se gerou e alimentou de nós, que nós criámos e demos vida,pagar por momentos e situações alheias a elas mesmas?

Também tenho dias sem paciência, como toda a gente,como vocês, todos os temos, e nesses dias parece que adivinham e se tornam mais dificeis de levar é certo, ou seremos nós que temos menos pachorra?,mas já fomos assim um dia. Já pedimos atenção, já fizemos tropelias e maluquices, já fizemos birras porque era um direito que nos assistia, já chorámos por um chocolate, já gritámos porque a mamã ou o papá não nos deu o brinquedo X ou Y, mas demos amor, carinho, surpresa! Mesmo que não o tenhamos dado, mesmo que tenhamos sido horriveis, dificeis, já fomos crianças um dia!!!! Com o mesmo direito á liberdade, ao amor, á vida, que hoje temos...

A unica palavra que me surge para isto é IGNÓBIL!!!!!! Como pode alguém magoar um ser puro? Como pode alguém tirar a ingenuidade e os sonhos de uma mente pequena e frágil, e povoar a sua cabeçinha de medo, duvida, tristeza, e pavor? Que fraqueza e pobreza de espírito, mas para mim quem assim age não o tem sequer....


Tristeza...Raiva....Desprezo....Quem assim trata uma criança não merece viver....


As atrocidades cometidas em nome sei lá de quê, os maus tratos, continuam a acontecer, crianças continuam a perder a vida, o brilho, a ingenuidade e inocência!!!!! Quando falo em violência não falo apenas das agressões fisicas, mas das psicológicas, qualquer tipo de agressão contra um como nós....


Skwalker, um beijo e desculpa o assalto....looool

16 comentários:

Skywalker disse...

Como bem sabes faço o meu blog apenas para me divertir, no entanto, às vezes chegam-me mensagens a que não consigo ficar indiferente. Essas mensagens publico-as para manifestar a minha indignação.
Da mesma forma que fico feliz por te fazer rir, fico feliz por ver que partilhas da minha indignação.

Estás, por isso, perdoada pelo assalto.

Beijokas

antonio - o implume disse...

Infelizmente a começar pelo nosso estado, todos nós nos demitimos. Com o fim das equipas de intervenção precoce, da autoria da actual ministra da educação, milhares de crianças ficam sem apoio. De acordo com a visão do estado, as crianças dividem-se em dois grupos: os normais e os deficientes. Mas a filha de um pai alcoolizado, não é doente, não é deficiente, mas é seguramente uma criança em risco que precisa de ser acompanhada dentro e fora do seu percurso escolar.

As famílias de risco, e são tantas, devem de ser acompanhadas, para que não se detectem os casos só quando as crianças vão para a escola, os maus tratos, a negligência e os abusos sexuais, não podem ser detectados só aos seis anos.

Estamos a construir uma sociedade feia e muito pouco solidária. Quente, frio. Molhado, seco. Normal, deficiente.

Salto-Alto disse...

Posts destes fazem-me sempre pensar e fico até emocionada. Fico mesmo revoltada!

Beijocas e bom domingo!

Lita disse...

Já conhecia o texto e é muito real... e muito triste!
Um beijinho.

Karochinha disse...

Olá Sonhos,

Também recebi este texto num email e a primeira vez que o li, chorei imenso, primeiro porque é um retrato muito real, além de ser cruel, é escrito na 1ª pessoa, o que ainda fica mais impressionante e marcante.
Sem querer ser fundamentalista ou extremista, as crianças são intocáveis, podem ser muito calmas ou até umas pequenas "terroristas" mas são o mais próximo dos Anjos, da Pureza, não consigo compreender como uma criança pode despertar num adulto tanta malvadez!
Beijocas

Antonio saramago disse...

Eu fico transtornado com coisas destas natureza, porque por muito sizudo que seja, por só me rir de vez em quando e barafustar contra quase tudo e todos, por não ter um feitio muito acessivel, não fico indiferente a estas coisas e outras don género porque afinal de contas o meu coração é de manteiga.

korrosiva disse...

Quando se maltrata um ser que não se pode defender, assume-se que nem todos os animais são portadores de humanidade!

E ás bestas, é trata-las como bestas!!

beijinhoss
Uma semana feliz

Karlytus disse...

Preferia n ter lido este texto..

Mas a vida é feita de isto tudo..

Do arco íris e da escuridão.. do bem e do mal.. temos q aceitar e escolher q caminho queremos seguir..

fazer o q pudermos pra dar cor ao nosso mundo.. q tal em vez de nos lamentarmos tanto começarmos a tentar pintá-lo de cores lindas hoje mesmo?

Se cada um pintar um pouquinho q seja este planete será mto mais azul e histórias destas passarão a deixar de serem possíveis..

Quero acreditar q é possível!

Obrigado por nos fazeres pensar um pouco neste assunto..

Agora quero ver-te bem disposta e a sorrir tá?

Beijinhoooooooos azuliiiiiiis!

sonhos/pesadelos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
sonhos/pesadelos disse...

Skywalker, o teu blog é importante para mim sim?seja por puro divertimento ou não, eu gosto dele e nele me inspiro.
bjs endiabrados

António, concordo com tudo o que disseste, mas se por vezes quem sabe destes casos abrisse a boca ( têm muito medo, compreensivel), faria mais que o governo ou as instituições, ou não?todos a fazer um ninimo já faz um máximo na vida de alguém...o governo preocupa-se mais em mostrar resultados como pontes e aeroportos, este actual ou outro!!!!! mas se cada um de nós pensar um pouco mais nisto, quem sabe não fazemos a diferença...somos o povo, quem faz a diferença na vida.
bjs endiabrados


Salto-Alto,o intuito deste blog, para além de um passatempo, é lembrar que há certas coisas na vida que podem fazer a diferença...se ficaste assim e pensaste no assunto ao ponto de ficares revoltada já valeu nina!!!! a tua presença é fundamental nele ouviste?
bjs endiabrados

★ Aralis ★ disse...

SEm palavras...tenho uma filhota e ....
Só digo que certos casos era pena de morte! e Ponto! sem piedade, que quem ñ a tem com ainda anjinhos ñ merece nada....
bj

sonhos/pesadelos disse...

Lita, é muito triste sim, faz-me chamar as lágrimas, mas é necessário nina!!!quanto mais falamos e lemos algo, mais consciencia dela ganhamos, e este é um tema que merece toda a nossa atenção!!!!
bjs endiabrados

Karochinha, ela não desperta nina, ela leva com a malvadez alheia, que a vida impõe, ou que nós lhe impomos....não estás a ser extremista, as crianças são mesmo o mais perto que temos dos anjos,o que de mais puro e ingénuo temos!!!!
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Antonio, este caso toca a todos,e o teu coração é de manteiga sim, enorme!!!
bjs endiabrados

Korrosiva...assino em baixo!!!! são crianças,seres que não têm como se defender.
bjs endiabrados

Karlytus, aqui as cores lindas não actuam, apenas uma mão firme e um olhar mais atento, ha muita criança que sofre e muita gente sabe e nada faz!
o meu blog para alem de um divertimento,tenta puxar a lume assuntos que nos fazem pensar um pouco mais sobre coisas que realmente importam. quem sabe assim não melhoramos como seres humanos?
bjs azuis

sonhos/pesadelos disse...

Aralis,nem sei bem que tipo de pena estas "coisas" merecem...a morte so é pouco!!!!!!
bjs endiabrados

Pedro Barata disse...

Há gente que realmente... até custa a acreditar como podem existir! :(
Beijinhos

Alguém disse...

Eu também li... Só sei que há pessoas que não deviam ter filhos. Não se provoca propositadamente este e qualquer tipo de sofrimento a uma criança... Não é justo que sofram assim por pessoas pobres, fracas de espírito. Gente que não é gente... Enfim.

Beijinho