domingo, 4 de janeiro de 2009


Estava eu a fazer um post sobre o ano novo,quando em conversa no messenger, surgiu um assunto que para mim é da máxima importância. Esqueci o post anterior e rumei a este, já andava com vontade de o fazer,mas estava à espera do assunto e tempo certo, e achei que ele tinha chegado, mais que não fosse pela vontade séria de o fazer.Este leva-me a um assunto sobre o qual não parava de escrever, a tentar provar a minhas ideias a quem não concorda com ele, tempo sem fim, mas como não vou a lado nenhum com isso, falo dele como o sinto.

Daquelas bolinhas de neve,em que uma coisa puxa a outra, e acabámos num ponto que muitas vezes me leva a lume,me deixa revoltada, com o mundo e comigo mesma, porque já o senti.Que sentimento mesquinho, como o desprezo, e pensar que já o senti, faz-me sentir pequena,mesquinha, feia...

Há uns anos atrás, estava eu à espera do metro em Lisboa com um walkman xpto que não meu, quando desci e dei comigo sózinha com um grupo de pretos(já que somos brancos)sózinha, tinha 15 ou 16 anos, e levada pela situação senti medo,e um deles aproximou-se. Perguntou as horas ao que respondi. Virou-se para mim e disse:"Não tenhas medo, não te vou fazer mal, apenas queria saber as horas, e dizer que és uma dama bonita".
Entre outra troca de palavras findas,afastou-se.....e eu fiquei a sentir-me como lixo, puro lixo....Descartável, suja, como lama que não tem limpeza possível... Como eu podia julgar alguém pela cor da pele?Sendo branca mas com raízes negras????Sim, sou branca mas com muito orgulho de ter nascido em Angola,na terra do sol, de ter familiares negros, com alma, iguais a mim, ou até melhor, que sempre defendi e me orgulhei de ter?Senti-me naquele dia, pequena,insignificante,perante tamanha façanha,senti-me mal, mas mesmo mal....Nesse dia aprendi muita coisa.., Ainda hoje quando penso nisso sinto vergonha, desdenho, tenho nojo de mim...E não me refiro apenas ao tom de pele,mas sim à religião, à maneira de pensar de cada um,etc etc etc, a tez foi apenas o mote.

Temos medo do que é diferente de nós, mas será a diferença má?Ou poderemos aprender com ela? Viajamos para outros países para conhecer novas culturas, diferentes formas de viver e de estar, quando temos tantas coisas nossas para valorizar. Andava eu na escola ainda,e havia um colega cego, que era maltratado por assim o ser, gozavam com ele, e eu sentia uma raiva e revolta na altura,capaz de os comer vivos,e como tal dirigi-me a ele,com compaixão,e ofereci ajuda...
Enxutou-me como se enxame de abelhas fosse, talvez marcado pela má vontade de muitos, não sei,e outra coisa aprendi... A não ter pena, têm menos um sentido que nós, apuram outro mais e melhor! Não são mais nem menos que nós,diferentes sim, como as cores que misturamos com guaches, onde um tom pode ter uma tonalidade mais acentuada ou menos,mas que não deixa de ser ou ter importância,e serão menos cores que as outras? Serão menos pessoas que nós?
Tenham côr,religião,ideiais,algo diferente a nós,comuns mortais,o sangue corre, o coração bate,
a alma padece e o corpo reage de maneira igual....

O RACISMO é crime, seja ele pela côr,preconceito leve ou pesado, sentido ou demonstrado,seja como for, não deixa de o ser....Eu tento a todo o custo não o sentir, e vocês?

24 comentários:

pepita chocolate disse...

Embora se queira tratar a todos por igual, o preconceito que por vezes, está inconscientemente enraízado em nós leva-nos a atitudes dessas.
O racismo no caso da raça, a piedade no caso de "deficiência" ou doença são respostas que temos, que adquirimos, que a sociedade nos incutui, somos seres multiculturais e reagimos inicialmente nos nossos instintos mais básicos - os que primeiro nos foram incutidos - só depois paramos para pensar. Deveria ser, primeiro parar para pensar.
Em todas as raças há bons e maus; e todos somos normais, não deficientes,possuímos é particularidades que nos distinguem uns dos outros. Mas que não deixamos de ser humanos, por isto ou aquilo.

Majo disse...

Racismo, xenofobia... Eu aprendi à minha custa que magoa... muito.
Mas todos passamos por lá, de uma maneira ou outra, seja como vítima ou como agressor. Neste último caso, só nos resta reconhecer o erro e pedir perdão.

Anjo Negro disse...

Uau, mas que assunto complicado tu me trazes hoje ...

É complicado, muito complicado ...

Para mim todos somos racistas e preconceituosos e somos em todos os aspectos, raças, credos, etc ...

Exemplo:

... Tens no metro alguem branco a pedir-te moedas, a dizer que é para comer, ou que está doente, mas tu viras a cara ... Isto é racismo, isto é preconceito, e é branco ...
... Tens no comboio, na linha de Sintra (andei nessa linha 5 anos), uma Senhora de cor (preta),e outra branca, acredita em mim, tu vais sentar-te junta da branca ...
... Tás na rua e encontras um bando de moços de cor, acredita, a tua primeira reacção é saber para onde vais fugir, e entras no primeiro café ou loja que encontras ...
... No comboio, linha de Sintra, vês 2 bandos de moços uns brancos e outros de cor e vais pensar o mesmo, ai vem confusão da grossa e perguntas: vão assaltar ou "guerriar"?? ...
... Tás num bairro, onde mora muito pessoal de cor, se tu e eu lá formos (brancas), acredita, a sensação é complicada, pois tens olhos e olhos nas tuas costas, a sensação é complicada, e eles tambem o sentem quando estão entre nós brancos ...

Amiga, somos racistas, somos preconceitosos, INFELIZMENTE é uma realizadade e só com muito esforço e compreensão de todos os lados este 2 sentimentos horriveis vão passar, mas ainda vai demorar muito tempo ...
A nossa sociedade é uma sociedade RACISTA e PRECONCEITUOSA ...

Temos que todos dar o primeiro passo, brancos, pretos, amarelos, "ás riscas", católicos, judeus, muculmanos ... Só depende de NÒS ...

Anjo Negro disse...

Sorry NIna ...

Mtas beijocas do teu Anjo Ngro

Pedro Barata disse...

Curiosamente no texto que fiz hoje, um dos meus amigos é negro. Como tal, isso traduz a minha opinião.
Qunato ao rapaz que disse que eras uma dama bonita, será que ele já foi à multiópticas? Lol Provocaçãozinha... sem malícia!
Beijinhos

antonio - o implume disse...

Somos formatados. Em 94 regressei a Moçambique, descia uma avenida quando num liceu tocou a sineta de saída. Um bando de adolescentes negros correu na minha direcção! Receei o pior, mas eles passaram por mim sem me verem e desapareceram avenida abaixo... não deixou de ter sido uma experiência aterradora, apesar de ter ficado a rir de mim mesmo!

Skywalker disse...

O tema que tarzes aqui é no minimo controverso. Trabalho numa empresa com pessoas de mais de 40 nacionalidades diferentes, provenientes dos 5 continentes. Quase todas as raças e religiões estão ali representadas.
Estou a preparar um post sobre isso, talvez fique pronto em Fevereiro depois das minhas férias. Se não te importares vou fazer referencia a este teu post e talvez copiar alguns excertos.

Beijokas

Green Eyes disse...

o pior racismo/preconceito/xenofobia e afins é o camuflado :( daqueles que mais rapidamente dizem eu não sou/sinto :(
enfim, eu tento não o ser e também ficar indiferente quando o são comigo:)

beijinhos a tentar cada dia ser melhor pessoa ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Eu não sou racista, simplesmente não gosto de certas pessoas, independentemente da sua cor, raça ou credo. Ainda me lembro bem de na primeira classe ser dos poucos que chamava Nélson a um rapaz negro, com o qual ainda hoje, quando me cruzo, falo. E foi nessa altura que percebi que o racismo é algo desprezivel...

Beijo.

Snoopy disse...

Snoopy n julga ninguem plas ideologias, raça ou convicções! apesar de o dizer, ja o fiz meio q inconscientemente...mas tenho a noção q tento n o fazer! sim, tenho varios colegas pretos, e trato-os plo nome, mas se vier o nome "preto" à cabeça chamo na boa e n ha stresse nenhum!!

lambidelas pa tu

Antonio saramago disse...

Por muito que não queira-mos admitir, temos sempre um pouquinho de Racismo dentro de nós.
Tudo dependendo das situações e momentos.

sonhos/pesadelos disse...

Pepita, concordo com a tua opinião. Muitas vezes emprenhamos pelos ouvidos, o que nos leva a fazer maus juizos,temos tal como dizes, temos de parar e pensar primeiro, e só depois reagir...
bjs endiabrados

Majo, tantos tipo de racismo há para explorar e argumentar, mas o que talvez mais salte á baila seja o racial mesmo,e que injusto é!!!
bjs endiabrados

Anjo Negro, concordo em alguns pontos no geral e discordo com outros de acordo com a mania maneiira de reagir e ver. Por exemplo,nunca fiz distinção na cor de quem me sento ao lado,nunca fiz distinção na esmola perante o mesmo,e cresci num bairro dito colorido...são maneiras de pensar nina, maneiras de pensar...e a cena do metro serviu-me de lição!
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Pedro, ó Pedro, tinhas logo de apanhar a minha unica mentira do post?ah ah ah vá, sou uma dama bonita sim,e foi verdade, mesmo que não o seja pela visão multiópticas sou pela da alma...hihihi modesta não?
loooooooool
bjs endiabrados

Skywalker,secalhar por trabalhares num local com essa diversidade de pessoas, vejas melhor como somos todos iguais,claro que podes fazer menção, será uma honra!!!
bjs endiabrados
António, são esses pequeninos acontecimentos que nos lembram como somos frágeis e iguais, vê a situação pelo lado contrário,seria diferente?
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Green Eyes, quando se pensa em racismo, quase que só se fala no da cor,o preconceito sim, é mais abrangente, o meu proximo post será sobre iso,provavelmente.
bjs endiabrados

Rafeiro, tal como tu, acho que não gostar deste ou daquele, não o deve ser apenas por ser assim ou assado, independentemente de não conhecermos a pessoa em si, mas sim com conhecimento de causa,sem sermos "cegos".
bjs endiabrados

Snoopy, todos nós numa altura ou outra o fomos, o que não concordo é que seja intencional, apenas por não partilharem algo igual a nós.
bjs endiabrados

António, é aí que está a diferença,o tentar ao máximo não o ser, pk todos nós irracionalmente lá roçamos,temos é de o evitar a todo o custo...
bjs endiabrados

Alguém disse...

Fizeste-me pensar...:) Não devemos ser preconceituosos, muito menos racistas. Somos mesmo todos iguais... A diferença está cá dentro, dentro de cada um de nós. A nós cabe a possibilidade de fazer a diferença não estabelecendo diferenças...

beijinho

DANTE disse...

Não há razão para ficares revoltada , todos nós a certa altura já tivemos um pensamento 'racista' , como alguns lhe gostam de chamar.
Eu sinceramente acho que um pensamento racista por si só e isolado não merece essa conotação tão má que a palavra carrega.
Já todos dissemos a certa altura coisas como 'sacana do preto' , raio do brasileiro' , 'os taxistas são todos iguais' , etc.
São desabafos naturais de um ser humano que por mais racional que seja continua a ter medo do que não lhe é tão familiar e a generalizar comentários.
Acho que não tens razão para te preocupar ;D descansa , és boa pessoa com certeza.

jokas :)

sonhos/pesadelos disse...

Alguém, se todos pensassem assim, aredita que o mundo seria bem mais agradável...
bjs endiabrados

Dante,apesar de ser natural isso acontecer, não deixa de ser condenável.E como humana que sou (só ás vezes),reconheço as minhas falhas.se sou boa pessoa?podes ter a certeza que sim!!!!!!!!!!!
ah ah ah fui convincente?hihi
bjs endiabrados

Salto-Alto disse...

Estou contigo. Se há coisa que condeno, é o racismo. Até porque não entendo porquê..

Parabéns pelo texto!

Beijocas!

Vanessa. disse...

"O RACISMO é crime, seja ele pela côr,preconceito leve ou pesado, sentido ou demonstrado,seja como for, não deixa de o ser....Eu tento a todo o custo não o sentir, e vocês?"

Eu não sou racista, nem nunca fui. Aliás, detesto qualquer tipo de "sentimento" desse género. Eles são como nós, iguais, apenas têm uma cor de pele diferente!

JP disse...

Considero este tema demasiado profundo para ser discutido superficialmente!

Lita disse...

Tens aí um texto fabuloso!!! A discriminação exite, de todas as maneiras... ela tem cor, idade, sexo, formas de falar, quilos a mais ou a menos, escolaridade baixa ou superior... é verdade, depende de nós. Talvez não o primeiro olhar, porque esse vem de tudo o que nos incutiram. Mas o segundo. Olhar, realmente, a pessoa que está à nossa frente... não o (pré)conceito. Beijinhos.

Ninja! disse...

Não o teria posto de melhor maneira, e nunca são poucas as vezes que se deve salientar este assunto, para quem o acha que deve fazer! Parabéns. =)

sonhos/pesadelos disse...

Salto-Alto,o racismo não tem mesmo compreensão sequer!!!!
bjs endiabrados

Vanessa, o problema é que muitas vezes as ideias pré-formadas criam comportamentos ignobeis...
bjs endiabrados

JP, se eu fosse aprofundar tal como desejaria,ninguém acabaria de ler de tão extenso que se iria tornar...
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Lita, embora o tema mais explorado no post tenha sido o racismo, penso que o preconceito é bem pior, mais alargado,e surge de formas bem mais camufladas.
obrigada pelo elogio.
bjs endiabrados

Ninja, quem sabe se falarmos muito nele, ele tend a desaparecer?era bom não era?
bjs endiabrados