sábado, 6 de dezembro de 2008

Paixões...


Paixões...

Todas as pessoas têm paixões, uns dedicam-se mais a elas, outros menos. As paixões podem ser tantas, e das mais variadas possíveis. Há quem veja a paixão apenas como algo no incio de uma relação, falo em inicio, sim, porque todos sabemos que ela existe de facto, mas apenas no começo dela, dando espaço para algo diferente, seja o amor, a lágrima, a indiferença ou o hábito, mas começa algo e fica por ali. Mas se formos a ver bem, existem muitas mais...Por hobbies, por profissões, por leituras, por sorrisos, por pessoas e animais, entre muitas mais. Na minha opinião, a partir do momento em que não magoem, não sejam causadoras de mágoas,nem prejudiquem algo ou alguém, são mais do que válidas, devem ser mantidas e perduram por uma vida!

Eu por exemplo, desde que me conheço por gente que nutro uma paixão por puzzles, que ainda hoje me transcende e fascina, e da qual não abdico...Tudo o que tenha a ver com jogos de memória, complicados ou não,e que me abstraia da vida por momentos é valido, não é á toa que tenho quadros de 3000 peças expostos na sala, e não tenho de mais peças por falta de espaço, embora os possua, e perca a noção do tempo a jogar Shangai!Quem me gerou diz que nunca conheceu ninguém como eu nisso(suspeita?garanto que não), dedicada a paixões e aos pequeninos prazeres da vida.Diz que lhe causo impressão, boa, quando me vê comer, porque como por prazer. Há quem coma para viver, eu vivo para comer, tão simples como isso! É claro que nessas alturas apago da memória a existência do espelho ou da roupa, não jogam na mesma equipa...Mas se me soube bem e não prejudiquei ninguém a não ser a mim mesma, nem quero saber!!!

A paixão no inicio de uma relação é do melhor que há, a aventura do mútuo descobrimento e conhecimento, as borboletas na barriga como disse o Anjo Negro num dos posts dela, o esperar de um encontro, o cuidadoso escolher da indumentária, o beijo com sabor a mais e mais, a saudade que queima, as cores que se passa a ver no que antes era cinza, a mulher que se cuida mais do que nunca, o homem que corresponde a esse cuidado e o retribui, as noites passadas em claro e lembranças para sempre no baú do coração.

A paixão por um hobbie,seja construção de carros ou aviões, em que cada peça é colada com amor e carinho, postos em pedestais aquando prontos,a paixão pela fotografia onde cada segundo é uma possivel sinfonia captada por uma camêra e imortalizada num negativo, a paixão pelo voluntariado, onde quem ajuda, mesmo cansado e sem forças, as vai buscar num acto altruísta, num sorriso criado por um gesto de conforto oferecido sem pedido de retorno, onde ajudar quem é desprovido de algo vai permitir colecionar histórias no coração.

A paixão pela música, onde cada nota, cada clave tem o seu lugar ao sol,onde tudo se transmite por sons, por melodias que encantam, que ora alegram o espirito, ora fazem sentido na dor e na qual nos identificamos e com ela choramos, onde mesmo no silêncio elas ecoam.

A paixão por uma profissão, sendo que quem exerce com paixão é meio caminho andado para o seu sucesso e crescimento profissional, onde alguém se empenha, se dedica por uma causa que considera justa e certa, considerando-a uma arte.

A paixão pela arte em si, onde algo criado por alguém faz as delicias de uma idealização, onde se encaixa no seu modo de ver a vida e a viver no seu pleno.

A paixão pela comida, onde cada ingrediente tem o seu papel importante e fulcral, seja no criar uma iguaria nova e inovadora, seja no aperfeiçoar de pratos ancestrais e típicos, todos temperados e regados de um legado histórico e divinal.

As paixões envolvem os corações, dão uma sensação sublime de existência, as quais nos permitem sentir o quanto estamos vivos, onde nos sentimos parte de algo, fazem o nosso sangue correr a um ritmo mais rápido do que o simples andar, onde o coração se sente mais forte, bate com mais força, seja pelo contentamento que elas nos proporcionam, seja pela dor que elas acarretam...

Sempre pensei que mais vale sentir e depois eventualmente sofrer, a não viver...

Só assim sentimos verdadeiramente que estamos vivos, que somos algo que sente e não apenas algo que respira, que nasce, cresce, vive e morre, porque assim tem de ser. Seja no preprar algo excitante e aguardar o resultado com expectativa, seja no simples acto de ouvir uma melodia que nos completa naquele momento, numa fotografia que vai marcar algo que acabou de acontecer e não volta mais, numa profissão que nos alimentou o ego intimamente, numa arte que fez todo o sentido ou numa refeição preparada com requinte, que ao fecharmos os olhos nos transporta para um mundo de cores e sabores...

Paixões, mais do que os corações, mais do que as vidas, mas se bem vividas, irão engradecer as nossas estadias neste mundo que depressa se perde..

17 comentários:

XS disse...

Como é bom estar apaixonada... Aquele frisson, aquele arrepiozinho maroto que nos faz sentir ansiosas...
Eu vivo por essa sensação!
Beijinhos e bom domingo!

Miss Kitty disse...

Não há nada melhor que estar apaixonada.. seja por um livro, uma música, uma pessoa..

BJS*

Anjo Negro disse...

Oi Linda ... Paixões ...
Que venham elas ...
Como disseste e bem
(é que tu sabes mesmo escrver!!!) é um engradeçer da alma e da nossa vida ...
Eu adoro Mahjong, knsigo passar horas a jogar, mas é o unico jogo pelo kal me perco ...
Adoro ler, ui, tenho 3 livros na mesa de cabeçeira!!! E agora tbm passo umas kantas horas a ler blogs lindos que tanto me fazem rir como pensar ...
Adoro cinema, sabes kando nos dá akelas ganas e temos k ir ás compras gastar dinheiro, porke estamos marafadas?
Pois é, eu vou ao cinema e fico nos trinkes ... As ditas Paixões carnais, essas kando se vão diluindo, aparece o AMOR, que fica e sustenta a alma e a vida ... Beijos Linda, do teu Anjo Negro

João Pereira disse...

Só se sabe o que é "paixão" quando se conhece o "desinteresse" e a "infelecidade". Só assim se pode ter uma visão clara do que é a paixão.

Snoopy disse...

bem, axo q inventei uma "boca à trolha"!!

oh miuda, queres ser o meu puzzle para eu te poder montar?

hehehe

lambidelas

Skywalker disse...

O que seria da vida sem paixão?
amento as pessoas qie mesmo sentindo-se apaixonadas têm receio de viver.

may the force be with you

Beijokas

Pedro Barata disse...

Parabéns pelo texto. Muito bom, De facto, a vida não faz sentido se não vivermos de paixões. As paixões, sejam de que ordem for, são aquilo que dá sabor à nossa existência!

Beijocas

mjf disse...

Olá!
Pena que a paixão não seja duradoura ...


Beijocas

Alguém disse...

A paixão é óptima! É um condimento para a vidinha. Devia existir para sempre. Não que sejam apenas temporárias, porque cabe a nós querer e mantê-las acesas, mas porque é, também, essencial ;-)

beijinho

Majo disse...

Paixões são boas... desde que sejam saudáveis.
Eu tenho várias. E a principal... é para toda a vida. Há quem me ache "fanática". Não sou. É uma paixão que me vem da fé. E não a imponho a ninguém. Mas vivo-a no dia-a-dia. Quem não gosta... não come. Simples. lol

Excelente texto.
Gostei muito do teu cantinho. Voltarei, com toda a certeza

Bjinho tolo

ticoteco disse...

Eu estou apaixonado pela vida. Aprecio cada segundo e o simples facto de sentir o bater do coração basta para me fazer feliz.
O resto... bem, o resto vem por acréscimo.

André Couto disse...

Um post apaixonado e apaixonante...

Até já...

Antonio saramago disse...

Paixão!!!Onde andas tu?
Para muita gente ainda vai nascer, para mim, é contentar-me com a que tenho.

LionMaster disse...

vai ao teu gmail..

beijokas

Rafeiro Perfumado disse...

Sabes que vim aqui um bocado porque estou a descansar as costas? Um puzzle de 4.000 peças, terminei há pouco o rebordo!

Beijo!

sonhos/pesadelos disse...

XS, para mim a paixão é a essência da vida, seja de que tipo for, e vivo para ela assim como tu!!! bs venenosos

Miss Kitty, seja de que tipo for ou pelo que for, é sempre válida, porque é sentida em pleno...bjs venenosos

Anjo Negro, lembras-te kd vimos o Mr.and Mrs. Smith na tua casa com o surround mesmo por trás?que máximo!!! tb gosto mto de ler embora a minha paixão sejam mesmo os puzzles e o Majhong, que vício!!!eu não posso nem preciso de gastar fortunas no shopping, basta por uma musica bem fixe no mp3 e fico como nova!e sempre sai mais barato...eh eh eh
as paixões carnais,ui que divagação que esse tipo dava agora...hihi
bjs venenosos nina

João, concordo plenamente contigo, para se saber apreciar algo tem de se conhecer o verso da medalha, e te garanto que o conheço...mas não deixo de sentir de novo por medo disto ou dakilo...
bjs venenosos

Snoopy, andas a aprender umas coisitas canito eh eh eh até já te inspiro?que honra, vê lá é se acertavas nas peças para o fazer...hihi
bjs venenosos

Skywalker, quem não arrisca por medo, não ama a 100% nem sente o gostinho agridoce da paixão, não se lhes aquece o coração á temperatura devida...may the force be with you! bjs venenosos

sonhos/pesadelos disse...

Pedro,completamente de acordo!!!ela move mundos, povos, seja pelo amor, liberdade, a palavra ou sonhos, tem uma força incrível...
bjs venenosos

MJF, só não o é quando não se quer...em termos amorosos é mais complicado, como se costuma dizer, quando um não quer, dois não brigam...
bjs venenosos

Alguém, concordo plenamente!!!
bjs venenosos

Majo, agradeço a tua gentil visita e comentário, e volta sempre que ficarei contente.
bjs venenosos

Ticoteco, somos iguais então, tb sou uma apaixonada por natureza, se o coração bate, tem de bater com vontade e não apenas pk tem de o fazer.
bjs venenosos

André, como sempre um querido...
bjs venenosos

António, as paixões são sempre fortes, sejam elas causadoras de amores ou de desamores, mas devem persistir...
bjs venenosos

Lion, já fui e obrigada pela ajuda.
bjs venenosos

Rafeiro, tu descanças as costas, eu muitas vezes nem as sinto e vejo as peças a dobrar, mas enquanto aguentar não largo o maldito!!!!!
bjs venenosos