quarta-feira, 17 de dezembro de 2008


Nesta altura do ano, confesso que é a minha predilecta, as pessoas viram formiguinhas na azáfama das compras de Natal. Como portuguesa que sou, também deixo as prendinhas para a ultima, tendo de recorrer a grandes superficíes para o efeito e o pesadelo começa... Na minha área de residência apenas exitem 2 centros comerciais de jeito, que a 3km de distância já se consegue ver as filas para os parques de estacionamento, como odeio andar num Centro Comercial assim.... As pessoas amontoadas,aos encontrões, quase que me tira a vontade de comprar os miminhos.

Entrar em lojas de roupa então, é um martírio autêntico!!! Entrei na Berska á procura de uma blusa para a minha maninha, e qual quê! Blusas? Aonde estavam elas? Só conseguia ver era um monte de coisas misturadas, tudo ao molho e fé em Deus...Mas porque será que as pessoas fazem isso???

Talvez por em tempos ter trabalhado numa loja , tenha ganho verdadeiro pânico a dobrar roupa em montinhos, tanto que me mete impressão ver tal coisa.... Mas será que custa assim tanto deixar como estava? Não que tenha que se dobrar impecavelmente como estava antes, mas minimamente apresentável e no sitio de onde a peça foi tirada. Se as pessoas que o fazem soubessem o que é arrumar 7 ou 8 modelos de calça diferentes, por tamanhos em cada monte, acabar de o fazer, dirigir-se a outro molho e ao olhar para o anterior, ele virar em segundos numa málgama de gangas, talvez tivessem um pouco mais de respeito pelo trabalho dos outros.

Tudo bem que as pessoas que lá estão são pagas para trabalhar, mas não fazem apenas aquele serviço, e se cada um deixar no lugar, essas pessoas arrumarão na mesma, mas aí demonstra-se que se tem cuidado e se respeita o empregado da loja... é que mesmo nós, como clientes, se precisarmos de um tamanho diferente, ou de um modelo numa cor diferente,não o achamos, e por mais ajuda que peçamos ao funcionário, ele também não poderá ajudar muito, tal é a confusão e rebaldaria!!!!

É uma questão de respeito por alguém que está a trabalhar, uma questão de organização e uma melhoria na nossa compra. Não custa nada, se cada um fizer um poucquinho, todos esses pouquinhos juntos irão fazer toda a diferença....

Resumindo e concluindo, saí da loja de mãos a abanar...

11 comentários:

Pedro Barata disse...

Respeito pelo trabalho dos outros? Isso em Portugal é muito complicado... Respeito pelo trabalho e pelos outros em sim, as pessoas, no geral, só olham para o seu umbigo...
Tristeza!
Beijocas

antonio - o implume disse...

Eu ofereço cheques bindes... estou a brincar, não ofereço nada, estou a tentar incutir na família um espírito anti-consumista e se for bem sucedido atribuo a mim mesmo uma prenda! ;)

LionMaster disse...

Eu só de pensar no domingo entrar no Outlet de alcochete pareço uma criança... A verdade é que adoro comprar roupa... e agora (com uns kilitos a menos) bem que preciso de roupa nova... eheh

Vamos la ver se o domingo acaba por ser proveitoso... objectivo nº1 é comprar uns ténis novos que os meus precisam da reforma :P

Beijokas arrumadas e respeitadoras do trabalho dos outros hihi ;)

JP disse...

Então os direitos?!??!?! Epah os meus direitos...
Deveres?!?!??!?! Nunca ouvi falar... Dá-me é os meus direitos...

L!NGU@$ disse...

É das coisas que mais odeio. Não entendo porque as pessoas não põe as coisas no sítio. Não me entra. Não custa nada. Um bocadinho a cada um e todos entravam em lojas agradáveis. O mal é que, em Portugal, respeito pelos outros é coisa que não existe.

Antonio saramago disse...

Á boa Portuguesa!!!!
Infelizmente nunca se perde a mania de fazer dos outros CRIADOS da Ignorância de tantos...
Nunca seperde a mania de se pensar que quem para terceiros trabalha, não é seu criado.
Diz-se...é para isso que lhes pagam...Mas é uma ideia tão ESTÚPIDA!!!

Snoopy disse...

Pois, mas nesta altura é muito complicado para funcionarios!! akilo só o fim do dia podes arrumar mesmo!

lambidelas

Rafeiro Perfumado disse...

Eu sou portuguesinho, mas tenho as compras todas feitas desde 13 de Novembro! Respeito? É que nem pelo vendendor nem estes pelos compradores. Nem mesmo sendo Natal...

Beijo!

Alguém disse...

É isso e ir ao supermercado e encontrar na parteleira dos cereais estarem embalagens de leite ou pacotes de doces e por aí fora. Por exemplo! Não querem, vão pôr no sitio. Não custa nada!

beijinho

sonhos/pesadelos disse...

Pedro Barata,das coisas mais feias que pode haver, é a falta de respeito, seja pelo trabalho prório e alheio, seja de que tipo for...é triste, muito triste..
bjs endiabrados

Antonio o Implume, olha que a ideia dos cheques brinde até é bem boa..evita a confusão e o embaraço de se oferecer algo a alguém e esse alguém não gostar assim tanto...hihi
bjs endiabrados

LionMaster,tb gsto muito de ir ás compras, mas não nesta altura do ano...e tenho como preferência tb os ténis que curioso...hihi
bjs endiabrados

JP, loool para se ser respeitado, há que respeitar, para se ter diresitos há que cumprir com os deveres...
bjs endiabrados

Lingu@$, totalmente de acordo!!!!
bjs endiabrados

Antonio Saramago, o desrespeito chega a roça a estupidez sim, e não é por falta de conhecimento...
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Snoopy, talvez por já ter passado pelo mesmo, entenda bem o sofrimento deles, cheguei a ter crises de nervos e choro tal era a raiva pela falta de postura...
bjs endiabrados

Rafeiro, assim como há maus clientes, tb há maus empregados, como em tudo na vida, custa assim tanto ter um pouco mais de consciência por ambas as partes??
bjs endiabrados

Alguém, essa é outra!!!quando são prdutos frescos então é demais...isso e abrir embalagens dentro do hipermercado, servir-se e deixar depois os pacotinhos escondidos por trás dos Golden Grahams...que neura!!!!!!!!
bjs endiabrados